Montar um Restaurante - Digi Office

Montar um restaurante é muito mais fácil do que você imagina

Ao montar um restaurante o empreendedor precisa ter em mente três pilares importantes:

AGILIDADE no atendimento

As soluções implementadas no restaurante precisam agilizar ao máximo o seu atendimento. Quanto menor o tempo gasto no processo mais cliente você poderá atender, conseguentemente maior será o faturamento.

Mão de Obra Qualificada

Talvez o mais importante pilar. Uma mão-de-obra qualificada acarreta economia de custo. É preciso investir em treinamento e qualificação dos funcionários e estratégias para diminuir o turnover.

dados relevantes de forma rápida

Trata-se de fazer a informações/pedidos aos responsáveis de forma correta e ágil. Está intrinsecamente relacionada a soluções em tecnologia.

Como abrir um restaurante? Veja o Passo-a-passo​

Como abrir um restaurante é uma dúvida frequente, pois este é um dos tipos de negócios que é mais aberto no Brasil. Montar um restaurante pode ser uma grande oportunidade para empreender e gerar lucros. No entanto, apesar de o ramo ser atraente, para que o negócio cresça com saúde e renda bons frutos, não basta apenas ter talento na cozinha.

O sucesso depende de uma conjunção de fatores que vão desde o conhecimento sobre como abrir um restaurante à realização da gestão com eficiência.Sabendo disso, para ajudá-lo a montar o seu negócio, trouxemos um passo a passo indispensável para esse segmento. 

Escolha um ponto estratégico

O primeiro passo é pesquisar qual é a região mais adequada para montar a empresa. A escolha do local pode ser tão determinante para o sucesso quanto a qualidade no atendimento e outras questões. Aqui, vale lembrar que a intuição não deve ser o único método de seleção. Pesquise e obtenha dados concretos que confirmem se o número de pessoas que moram ou frequentam as proximidades é suficiente para garantir bons resultados. A escolha do ponto vai depender da proposta do negócio. Qual é o público que você deseja atingir? Um restaurante sofisticado, por exemplo, deve ser montado em uma região mais nobre.

Estude, também, qual é a forma que a maioria dos clientes chega ao ponto. Se for de carro e o restaurante não tiver estacionamento próprio, é interessante verificar se há vagas para parar nas ruas próximas. Além disso, é preciso checar com os órgãos municipais se é permitido instalar um negócio desse ramo no loca

Dê atenção às instalações

Ninguém aqui quer se arrepender da escolha do lugar, não é mesmo? Portanto, para que o restaurante ofereça uma estrutura agradável e completa aos clientes, é importante estar atento às instalações.

O ideal é que o local tenha, pelo menos, um espaço bom para montar as mesas e cadeiras dos clientes, uma cozinha grande, banheiros e um pequeno escritório.

Defina o cardápio

Qual vai ser o coração do restaurante? Defina as opções do cardápio com sabedoria e com base no público-alvo. Comida saudável, japonesa e gourmet são algumas propostas que estão em alta. Estude se é mais vantajoso o negócio ser à la carte ou self-service.

Tenha bons fornecedores

Provavelmente você já saiba, mas vale reforçar a ideia de que o melhor fornecedor nem sempre vai ser aquele com o preço mais em conta. Busque profissionais e empresas que ofereçam qualidade excelente, bom atendimento e valores compatíveis com o mercado. Assim, você evita dores de cabeça com a entrega dos ingredientes e, consequentemente, problemas com a preparação dos pratos.

A dica é negociar os melhores prazos com os fornecedores e ganhar a confiança deles, para que, com o tempo, seja possível combinar valores mais atraentes.

Invista em tecnologia

Para aumentar a produtividade da equipe e ajudar na administração dos negócios, busque por um software para restaurante que ofereça rápido retorno. O ERP (Enterprise Resource Planning) ideal vai armazenar todos os dados importantes em apenas um local e automatizar tarefas comuns a seu restaurante.

Normalmente, todos os softwares têm funções básicas como a gestão do fluxo de caixa e do estoque. No entanto, é interessante optar por um modelo que possua mais precisão e seja específico para o seu nicho.

Depois de analisar as necessidades que o seu negócio tem em relação ao ERP, verifique a capacidade de integração do software. É essencial que ele ofereça suporte total aos sistemas operacionais e interfaces intuitivas para facilitar o uso.

Conheça as obrigações legais para entender como abrir um restaurante seguro

Para evitar problemas com órgãos reguladores, é fundamental saber todas as leis sanitárias, trabalhistas, fiscais, municipais e de segurança do setor. Entre as normas de regulamento da Anvisa — Agência Nacional de Vigilância Sanitária — por exemplo, estão a identificação da data de preparo e do prazo de validade dos alimentos armazenados e o controle integrado de vetores e pragas urbanas.

Montar um restaurante requer atenção e cuidado, mas prestando atenção a estes pontos, seu caminho fica facilitado.

CONHEÇA A SOLUÇÃO DA DIGI OFFICE
DE SOFTWARE PARA RESTAURANTE

Quais os principais equipamentos
de um restaurante de sucesso?

Um restaurante de sucesso é aquele que consegue atrair as pessoas, servir uma boa comida e garantir a satisfação — e o retorno — de quem pede os pratos. Para tanto, além de investir no atendimento e na criação de uma ótima experiência, ter os aparatos corretos faz toda a diferença.

Como o ramo requer uma estrutura específica, é importante não deixar nada passar batido. Por isso, apresentamos um checklist com os principais equipamentos que não podem faltar em um restaurante de sucesso.

FOGÃO INDUSTRIAL

Para dar conta de todos os pedidos que os garçons trazem das mesas, é fundamental que o seu fogão aguente o ritmo.

Um tradicional, desses que são encontrados nas cozinhas das residências, não vai servir, e poderá comprometer a qualidade da comida ou o prazo. Em vez disso, o ideal é optar por um fogão industrial, com pelo menos seis bocas e que garanta que os pratos possam ser feitos à perfeição e de maneira rápida.

FORNO INDUSTRIAL

Da mesma forma que o fogão, o seu forno não pode ser aquele com um queimador pouco eficiente e que demora muito mais tempo do que o necessário na receita.

O ideal é adquirir um forno industrial, especialmente se o restaurante lida com sobremesas assadas. Outro ponto importante é que o forno precisa ter a função de grelha. Afinal, as opções gratinadas exigem aquela parte crocante que dá um toque especial.

FRITADEIRA ELÉTRICA

É muito provável que o seu menu ofereça alguns pratos fritos. Mas isso não significa necessariamente ter um cardápio pouco saudável, já que há formas de garantir o aspecto crocante sem comprometer a saúde.

Porém, fritar em pequenas frigideiras, que ocupam largamente o espaço do fogão, não será produtivo. E pode ser até perigoso! É fundamental ter uma fritadeira elétrica, tão grande quanto a sua demanda. Isso vai ajudar você a manter os alimentos deliciosos e certificar-se de que tudo esteja sempre quentinho.

REFRIGEDAROES

Não dá para manter a despensa de um restaurante no limite, não é? Fazer compras com boa antecipação é interessante para economizar. Além disso, é possível realizar pré-preparos, que são usados quando a coisa esquenta de verdade na cozinha.

É essencial garantir que nada vá estragar. Para tanto, os refrigeradores são indispensáveis. Os industriais são os mais indicados, pois trazem bastante espaço interno e têm melhor controle de temperatura, evitando a contaminação dos produtos.

AQUECIMENTO DE ALIMENTOS

Muitas vezes, um prato sai bem à frente do outro, de modo que tenha que ficar esperando os demais que estejam destinados à mesma mesa ou grupo de clientes. Afinal, preparações que chegam de maneira desencontrada são a receita para a insatisfação dos consumidores.

Para que isso não aconteça, os aquecedores de alimento ajudam a conservar os pratos em temperatura morna ou quente, sem cozinhar os ingredientes além do ponto. Ter esse equipamento no seu estabelecimento é uma dica certeira para aumentar a qualidade do seu atendimento.

SOFTWARE PARA RESTAURANTE

Todos esses utensílios fazem parte da rotina operacional da cozinha. Entretanto, é importante ter também bons recursos para fazer as compras, definir corretamente os preços dos pratos e selecionar os fornecedores adequados.

Para isso e muito mais, seu negócio deveria investir em um software para restaurante. Por meio dele, é possível reunir informações de maneira centralizada e integrar as diversas áreas do restaurante.

Com isso, o processo de decisão se torna mais assertivo e as tarefas ficam mais rápidas e baratas. Como consequência, seu estabelecimento lucra mais e conseguirá se desenvolver facilmente!

QUAIS SÃO AS SOLUÇÕES DA DIGI OFFICE PARA QUE VOCÊ POSSA MONTAR SEU RESTAURANTE?

SOFTWARE DE GESTÃO

IMPRESSORAS FISCAIS

IMPRESSORAS NÃO FISCAIS

TERMINAL DE AUTOATENDIMENTO

COMPUTADORES & MONITORES

GAVETAS & LEITORES

ASSISTÊNCIA TÉCNICA & MANUTENÇÃO

Nossos Números

0 +
+SOFTWARE INSTALADOS
0 +
EQUIPAMENTOS VENDIDOS
0 +
SERVIÇOS REALIZADOS

Entendemos o desafio de montar um restaurante.

Sabemos da dificuldade de comprar direto no site, por causa da impessoalidade e da dúvida se é a melhor opção para o seu restaurante.

Queremos te ajudar nesta jornada.

Entre em contato conosco para que um de nossos consultores
possa te auxiliar na escolha das melhores soluções:

As ligações são feitas em horário comercial (8 às 18hs)



Fale conosco