Saiba como otimizar o fluxo de caixa da sua empresa - Digi Office

O ano novo começou, que tal começar com o pé direito colocando as coisas em ordem na sua empresa?

 

Para a boa gestão de uma empresa, é preciso atenção aos detalhes e um dos principais é mantendo as finanças, pagamentos e recebimentos da sua empresa em dia e equilibrados.

 

Para que isto seja feito da maneira mais eficiente possível, otimizar e utilizar o fluxo de caixa é essencial.

 

Neste post você entenderá como fazer o fluxo de caixa e aproveitar todas as possibilidades que esta ferramenta pode trazer!

 

Entenda o fluxo de caixa

 

O fluxo de caixa pode ser entendido como uma maneira organizada de demonstrar todos os recebimentos e pagamentos de um determinado período.

Em sua empresa essa ferramenta deverá ser elaborada com os valores disponíveis em dinheiro, com aqueles que estão nas contas bancárias e nas aplicações de curto prazo.

Outros dados essenciais do fluxo de caixa são as entradas que em sua empresa são representadas pelos pagamentos efetuados pelos clientes e as saídas relativas à remuneração de colaboradores, compra de materiais de limpeza entre outros, ou seja, tudo o que entrar ou sair do caixa e equivalentes.

 

Elabore o fluxo de caixa

 

Antes de iniciar o fluxo de caixa propriamente dito é preciso que o responsável por sua elaboração faça um levantamento detalhado de toda a movimentação financeira da empresa. Também é preciso determinar uma data para o início dos registros e, a partir deste momento, serão inseridos os saldos iniciais das disponibilidades, das entradas e das saídas.

 

O registro é bastante simples, deve ser feito com o uso de uma planilha eletrônica ou software de gestão e após a comparação destes saldos inicias com entradas e saídas, será apurado o fluxo de caixa do seu empreendimento, que é o valor disponível para investimentos no próprio ou para a formação de uma reserva para uso futuro.

 

Tome alguns cuidados

 

Para que seu fluxo de caixa seja uma real ferramenta de controle é preciso atualizá-lo diariamente. Assim, ele poderá refletir a realidade das suas disponibilidades. Outro cuidado é o detalhamento, que permitirá conhecer todas as características dos registros.

 

Também é necessário estar sempre atento ao registro de todas as operações, independentemente do valor que representem de forma isolada. Dê preferência ao uso de documentos contábeis para comprovar as transações como, por exemplo, notas fiscais, contratos e outros que possam detalhar o registro.

 

Perceba as vantagens da otimização do fluxo de caixa

 

A utilização do fluxo de caixa na sua empresa permite decisões em relação à criação de reservas ou de possibilidade de investimentos com bastante rapidez, segurança e objetividade. Além disso, o fluxo de caixa apresenta um relatório detalhado de todos os gastos, o que possibilitará uma cobrança mais realista da empresa e uma arrecadação de valores que cubram os gastos e, se necessário, que permitem a criação de uma reserva.

 

Adicionalmente, o fluxo e otimização de caixa permitem saber se existe dinheiro suficiente para a aquisição de algum equipamento ou realização de obras e também serve para uma prestação de contas detalhada, com informações completas e que podem ser utilizadas para entender como estão os gastos e que medidas podem ser tomadas para que sobrem recursos.

 

Neste post você entendeu como o fluxo de caixa pode ser utilizado para a gestão da sua empresa. As vantagens da utilização são inúmeras e, além de organizar as suas finanças, permitem que o processo de tomada de decisão seja rápido e eficiente.

 

Digi Office pode ajudar sua empresa com soluções para automatizar completamente o seu fluxo de caixa e operação.

 

Você sabia que a partir de hoje o uso da NFC-e está disponível de forma facultativa para todos os empresários do varejo?

 

Entenda o que muda e o que você deve fazer abaixo:

 

Atenção! Novidades Legislação e Prazos NFC-e em Minas Gerais

Tudo sobre NFC-e

 


Fale conosco